Organize sua vida financeira e comece a economizar agora!

organizaçãofinanceira_comoeconomizar

Todos nós queremos ter organização financeira, seja para economizar uma grana para investir em algo ou pra fazer uma viagem tão sonhada. Mas a parte difícil é conseguir economizar para que seu dinheiro sobre no fim do mês, ou até mesmo, chegue até o fim do mês, porque não tá fácil pra ninguém.

Mesmo com a situação difícil, o que às vezes mais prejudica nossa economia é a desorganização, nada mais nada menos que ela!

Alguns especialistas em finanças até se atrevem a dizer que se você se organizar, é possível investir e até fazer o salário sobrar. Seria maravilhoso né?

Então como fazer isso?

Primeiro passo para uma organização financeira:

Antes de tudo é preciso que você aprenda a olhar seu dinheiro com outros olhos. É preciso estabelecer prioridades e tentar reduzir ao máximo os gastos desnecessários. Ou seja, olhe com o olhar do patrão e não do empregado. Trate suas finanças como sua empresa!

Especialistas em economia tratam, em média, os cuidados com os rendimentos da seguinte maneira:

  • 70% para seus gastos mensais (contas, alimentação e etc);
  • 10% reservados para emergências;
  • 10% para seus luxos e prazeres;  
  • 10% para seus investimentos.

Portanto vamos supor que você receba 1.000 reais como remuneração mensal, desse modo você teria 100 reais mensais para investir.

Mas como economizar se meu salário não sobra no fim do mês? Bom, aqui vão algumas dicas:

Faça auditoria!

Sim! Você consegue, é essencial saber o que entra e o que sai, do contrário não tem jeito de economizar.

Faça uma auditoria em suas contas. Minha dica é que você crie uma planilha onde lançará todos os seus gastos diários. De um cafezinho até as compras no supermercado.

Se você não gosta de planilhas, tudo bem. Existem opções mais leves, como um bloco de notas simples, onde você pode anotar tudo ou até um papel que você dobra e guarda dentro da carteira. Assim, quando você comprar algo, já pega ele e anota!

De qualquer forma, é preciso anotar e pra começar é preciso anotar por 30 dias. No final desse dias, você vai poder analisar seus gastos, você pode se surpreender e enxergar muitos gastos pequenos e desnecessários que, se cortados, poderão somar 50, 70, 100 reais ou até mais. Você vai conseguir cortar sem dor no coração!

Tem também a opção dos aplicativos para organização financeira, se você prefere usar da tecnologia, vale a pena procurar um que você goste.

Analise primeiro, gaste depois

Quando receber sua remuneração faça uma análise do mês. Se esse será um mês longo ou curto, você vai ter gastos extras? Pense se nesse mês haverá aquela festa imperdível. Depois de analisar tudo isso, pague as contas e só então comece a comprar.

Se você está determinado em guardar um dinheirinho, essa é a hora de tirar essa parte. Geralmente quando deixamos pro final, esperando que sobre, raramente dá certo. Então já retire aquela porcentagem que você quer guardar.

Economize nas contas do dia a dia

Não desperdiçar é o fator essencial de como economizar no dia a dia. Veja como fazer isso em alguns passos:

1. Contas básicas

Se você tem aí uma tv a cabo que não está usando, uma conta de internet que está muito cara, a conta de celular… Chegou o momento!

Para aquelas que são essenciais, como internet por exemplo, é hora de ligar no atendimento e pechinchar por um desconto! Você pode ser sincero(a) e dizer que a conta está pesando no seu orçamento e que você precisa economizar.

Não pergunte se tem desconto! Pergunte qual é o desconto que eles vão te dar, ok?

As outras, analise criteriosamente e se não estiver usando, corte!

Se a conta de água ou de luz está alta, veja como você pode economizar, examine a casa: tem algum eletrodoméstico velho que está gastando muita energia? Alguma torneira pingando? E assim por diante…

2. Contas secundárias   

Reveja a academia! Se você é daqueles que paga um pacote anual, semestral etc. veja se está usando tudo que você pagou e se não estiver, explique a situação e tente negociar.

Muito cuidado com cartão de crédito e cheque especial. Você nunca pagará apenas o que gastou. Existem taxas e juros, e esses pequenos valores podem fazer toda a diferença no final de um ano, verifique o que você está pagando, não tenha vergonha de perguntar e leia os contratos com calma antes de assinar.

3. Compras

Antes de ir ao supermercado, analise o que você ainda tem em casa, assim você não corre o risco de comprar coisas repetidas e deixar perder. Faça uma lista de compras e tente segui-la!

Faça um cardápio da semana, essa é uma ótima opção para se disciplinar a comprar somente o necessário.

Diminua o consumo em todas as áreas, veja o quanto está comprando de roupas, calçados, de eletrônicos e de tudo mais, analise o quanto disso você realmente usa, o quanto você descarta e tente comprar mais devagar e com mais consciência.

Pesquise, pesquise e pesquise antes de comprar, abuse dos sites de comparação de preço. Não tenha preguiça de pesquisar porque vale a pena, compare os preços e tome a decisão antes de ir até a loja, assim você evita que os vendedores te envolvam na compra de coisas que você não precisa. Seja firme com os vendedores, não saia do foco!

Olhe o Reclame Aqui da loja e também do fornecedor do produto, assim você terá uma ideia melhor sobre o funcionamento do produto que está comprando, durabilidade e eventuais problemas que outros compradores estão tendo. Tudo isso vai de ajudar a tomar uma decisão de compra mais acertada e sair ganhando no final.

Não compre por impulso! Passou em frente a loja, viu aquele produto maravilhoso? Dê meia volta, espere pelo menos 24 horas e nesse período, analise se você realmente precisa daquele produto, reveja suas anotações de gastos. Se depois disso você decidir que o produto é imprescindível, então compre!

Organize sua alimentação

Essa é uma ótima chance para se alimentar de forma mais saudável e de economizar também. Alimentação é uma coisa que sai muito caro hoje, principalmente em algumas capitais do país ou para quem vive em lugares turísticos.

Tem a questão do cardápio que falei acima, que é uma ótima forma de economizar e de ter educação alimentar. Dessa forma você pode balancear o que vai comer durante a semana e diminui a compra de alimentos que não vai comer.

E também esse hábito que temos de ficar comprando guloseimas quando estamos na rua. Aquele docinho da padaria, aquele chocolate da conveniência, acaba saindo caro no fim das contas. Levando sua alimentação com você, diminui a chance de isso acontecer.

Foi-se o tempo em que levar alimentação era considerado um hábito negativo, hoje há todo um status ao redor de cuidar da própria comida, cozinhar e levar a lancheirinha. A galera fitness que o diga!

Para aqueles(as) que o trabalho não paga pela alimentação, veja quantas vezes na semana está comendo fora e o que pode ser feito para minimizar isso. Comer fora durante a semana, pode gerar um gasto muito grande e te privar daquele dinheirinho para comer algo diferente no fim de semana!

Pra quem mora só, uma opção é cozinhar no fim de semana e congelar, ou se você tem tempo, cozinhe todo dia. Pra quem mora em família, é legal dividir as tarefas de forma que todos possam colaborar e tenha uma comidinha todo dia.

Para quem faz uma dieta ou sofre de alguma condição que exige uma dieta restrita, não é possível mexer muito nisso, mas se esse é o seu caso, mexa no restante da vida financeira que é possível.

Organize a vida social

Saiu da porta pra fora, já tá pagando, é bem assim! Locomoção, estacionamento, entrada na balada, bebida, comida e tudo mais. Então analise bem de acordo com o seu perfil, quantas vezes ao mês você pode sair pra badalar, jantar fora, cinema e etc.

Tente alternativas diferentes: É algo que dá pra fazer em casa? É algo que dá pra fazer na casa dos amigos? Já saiu na sexta, então dá pra ficar sem sair sábado?

Se você é um baladeiro(a) incurável que gosta de sair praticamente todo dia e quase não fica em casa, pense bem se você realmente precisa de tv a cabo, Netflix e etc.

Se você pode sim se abster de algumas saídas, aproveite sua casa, sua cama, sua cozinha, tente receitas novas, veja aquele filme.

Saiba dizer ”não” quando for preciso, seus amigos precisam entender que você está economizando e que não pode sair tantas vezes, se realmente gostam de você podem ir até sua casa ou você até a casa deles.

Dica bônus

Esse é bem específico, para aquelas pessoas que vivem jogando em loterias. Pare nesse momento!

Nesse caso é melhor depositar o dinheiro que gastaria com as loterias na poupança de seu banco, ou trocar por títulos de capitalização (Consulte seu banco), assim caso você não seja o próximo sortudo ganhador de um prêmio milionário pelo menos terá seu dinheiro de volta corrigido. Então sentiu vontade de jogar, deposita.

Se você guardar por um bom tempo tem mais chance de ter um bom retorno do que qualquer chance de ganhar na loteria. É duro, mas é verdade!

Pronto! Agora você tem capacidade de ter mais controle sobre sua vida financeira e já sabe como economizar. Agora é só descobrir modos de investir, vou trazer artigos futuramente falando do assunto, existem algumas formas de investir pouco dinheiro e aí é só esperar o juro composto fazer o trabalho por você.

Então siga o blog para receber os próximos e nos diga o que achou das dicas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: